Pintor de Los Angeles ganha documentário na Netflix sobre sua vida

Pintor de Los Angeles ganha documentário na Netflix sobre sua vida

Nascido no México e criado em L.A, o pintor Carlos Almaraz fez história na cena cultural chicana da cidade.

Los Angeles, CA (BDCi) — Um dos pintores e ativistas da arte chicana mais influentes de Los Angeles dos anos 70 acaba de ganhar um documentário na Netflix. “Carlos Almaraz: Playing With Fire,” que conta a brilhante e curta vida do pintor, já pode ser visto no canal de streaming e foi dirigido por Elsa Flores Almaraz, pintora e viúva de Almaraz, e pelo ator e cineasta Richard Montoya, membro fundador da trupe de teatro Culture Clash.

Carlos Almaraz nasceu na Cidade do México e foi criado em L.A.. Ele faleceu em 1989 aos 48 anos de complicações relacionadas à AIDS. Suas pinturas permanecem vitais para a maneira como Los Angeles se vê nos dias de hoje. O artista já foi tema de uma grande retrospectiva no Los Angeles County Museum of Art, em 2017.

Sobre o filme

O documentário de 85 minutos é um hino de amor a um pintor enérgico que foi de extrema importância na cena cultural chicana de L.A, e retrata alguns dos períodos conturbados que Almaraz viveu, incluindo o abuso sexual que sofreu nas mãos de um tio, as lutas que ele teve quando jovem, considerando sua bissexualidade, e seus acessos de bebida excessiva.

Uma riqueza de entrevistas em vídeos de arquivo com Almaraz, bem como o acesso aos seus diários, dão ao documentário um toque íntimo. No final das contas, é uma homenagem a um artista que viveu rápido e morreu jovem, mas que deixou para trás um rico legado das paisagens de Los Angeles.

Confira o trailer oficial:

Siga-nos no Facebook Instagram para fotos exclusivas da Califórnia!

E marque suas fotos com #vocênacalifa e #cliqueinacalifa para ter a chance de ver sua foto publicada no Instagram da BDCiTV!

Leave a Reply