Cinemas podem não sobreviver à pandemia, teme Hollywood

A grande maioria dos cinemas segue fechado desde março e indústria luta para sobreviver.

Los Angeles, CA (BDCi) — Diretores e produtores de filmes de Hollywood como Clint Eastwood e Martin Scorsese uniram forças com proprietários de cinemas dos Estados Unidos em um apelo por ajuda financeira, dizendo temer pelo futuro da indústria.

Em uma carta aos líderes do Senado e da Câmara dos Deputados do país, eles disseram que a pandemia do Covid-19 causou um golpe devastador nos cinemas e que, sem recursos, os cinemas podem não sobreviver ao impacto da pandemia.

A carta foi assinada por mais de 70 pessoas da indústria cinematográfica, juntamente com a National Association of Theatre Owners, o Directors Guild of America e a Motion Picture Association. De acordo com eles, quase 70% das pequenas e médias empresas de teatro seriam forçadas a declarar falência ou sair do mercado sem assistência governamental.

Lançamentos adiados

A pandemia obrigou os cinemas a fecharem suas portas em meados de março em todo o país. Algumas redes grandes chegaram a reabrir em muitas cidades dos EUA, mas devido aos resultados modestos nas bilheterias, estúdios como Walt Disney Co. e Universal Pictures preferiram adiar o lançamento de grandes filmes. A Warner Bros. também seguiu a mesma linha e o filme “Mulher Maravilha 1984“, previsto para ser lançado neste mês, foi adiado para o Natal.

Os cinemas permanecem fechados em mercados que representam cerca de 30% das vendas anuais de bilheteria, incluindo as cidades de Los Angeles e Nova York, os dois maiores locais do país para filmes. Ainda não se sabe quando os cinemas poderão retornar. Enquanto isso, algumas redes reduziram o horário de funcionamento para conter as perdas.

Siga-nos no Facebook Instagram para fotos exclusivas da Califórnia!

E marque suas fotos com #vocênacalifa e #cliqueinacalifa para ter a chance de ver sua foto publicada no Instagram da BDCiTV!

 

Leave a Reply