TikTok: Juiz barra decisão de Trump e impede que aplicativo seja banido

Presidente acusa plataforma chinesa por suposto roubo de dados de cidadãos americanos.

Los Angeles, CA (BDCi) — A Justiça dos Estados Unidos bloqueou, no último domingo (27), a determinação do presidente Donald Trump de banir o TikTok do país. A ordem visava impedir que o aplicativo chinês fosse baixado nos EUA.

A liminar foi expedida poucas horas antes da entrada em vigor do veto, mas o juiz  se recusou a bloquear, “por enquanto”, restrições adicionais do Departamento de Comércio, previstas para entrarem em vigor em 12 de novembro, que de fato tornariam o aplicativo impossível de ser usado no país.

De acordo com o atual governo, o TikTok, propriedade da empresa chinesa ByteDance, seria uma ameaça à segurança nacional dos Estados Unidos. A Casa Branca alega o aplicativo tem acesso a dados de usuários norte-americanos.

O Processo do TikTok

A batalha entre a Casa Branca e a ByteDance se intensificou no mês passado. Duas gigantes do mercado, Microsoft e Twitter, iniciaram negociações para a compra da empresa chinesa, mas o presidente Trump assinou duas ordens executivas vetando qualquer cidadão ou empresa nos Estados Unidos de fazer negócios com eles.

Atualmente a ByteDance tenta um acordo com a Oracle e o Walmart, e informou que esse acordo envolverá a criação de uma empresa americana autônoma e não implicará em qualquer transferência de tecnologia, permitindo ainda que a Oracle possa inspecionar o código-fonte do TikTok nos EUA.

Siga-nos no Facebook Instagram para fotos exclusivas da Califórnia!

E marque suas fotos com #vocênacalifa e #cliqueinacalifa para ter a chance de ver sua foto publicada no Instagram da BDCiTV!

Leave a Reply